10 curiosidades sobre o Batman:

by 07:12 0 comentários

#oargonauta #comicshop #Belem #Batman

1. O Batman foi criado por Robert Kane em 1939, a pedido da editora de quadrinhos "National Periodical Publications". Inicialmente,  o personagem usava uma máscara parecida com a do Zorro e um uniforme vermelho. Kane consultou o amigo e cartunista Bill Finger, que sugeriu algumas mudanças: a máscara foi substituída por um capuz com orelhas pontiagudas e o uniforme passou a ser azul e cinza. Em maio de 1939, o Homem Morcego estreou no mundo dos quadrinhos, na edição número 27 da revista "Detective Comics" com a história "O Caso dos Químicos", escrita por Bill Finger e desenhada por Bob Kane. Em 25 de fevereiro de 2010, um exemplar da revista foi vendido por 1,07 milhão de dólares.



2. Enquanto nas HQs o comissário Gordon convocava Batman por meio de um bat-sinal, na televisão o oficial usava um telefone vermelho, que tinha linha direta com a batcaverna. O modelo era uma referência ao aparelho que ligava a Casa Branca ao Kremlin durante os anos da Guerra Fria. Nos quadrinhos, o Homem Morcego era quase sempre mostrado como um homem amargurado, sombrio e violento. Já na TV ganhou um ar mais cômico. Contribuíam para isso as cores berrantes do figurino e as impagáveis onomatopeias (Pow! Soc! Crash!) que espocavam na tela toda vez que os heróis enfrentavam seus inimigos. Nos 120 episódios da série de TV, Robin fala 347 diferentes "Santo-alguma-coisa".



3. O ator Burt Ward, que interpretou Robin no seriado dos anos 60, teve sérios problemas com a censura norte-americana da época. A "Liga da Decência", como era conhecido o grupo censor da época, cismou que o pênis do ator ficava muito proeminente com aquela fantasia apertada. Para tentar solucionar a questão, os produtores o fizeram usar duas sungas e até mesmo colocar gelo no local para ver se o órgão ficava menor. Uma última tentativa foi dar ao ator um remédio para diminuir a força e a proeminência do pênis. No entanto, com medo de efeitos colaterais permanentes, Burt parou de tomá-lo depois de algum tempo. A solução final foi gravar a cenas de Robin da cintura para cima.



4. Para o filme "Batman e Robin" (1997) foram feitas 50 fantasias completas para George Clooney e outras 50 para o Robin, Chris O’Donnell.



5. Na sétima edição da revista "Graphic Novel", de janeiro de 1989, o Homem Morcego vira papai. Isso mesmo. E a mãe é Tália, filha de seu inimigo Ra’as Al Ghul. O título dessa história é "Batman, o Filho do Demônio". O bebê passa a se chamar Damian Wayne.



6. Batman e o vilão Pinguim se enfrentaram também nas urnas. Isso aconteceu nos episódios 17 e 18 da 2ª temporada, que foram ao ar pela primeira vez em fevereiro de 1966. Pinguim lança sua candidatura à prefeitura de Gotham City, conseguindo apoio popular através de mentiras e armações. Para impedir que o vilão se torne o novo prefeito de Gotham, o homem-morcego resolve ele mesmo se candidatar. Uma das cenas memoráveis é o debate entre os dois concorrentes. Quase 40 anos depois, o episódio foi usado por um grupo de blogueiros para parodiar o debate entre os candidatos à presidência dos EUA Barack Obama e John McCain, em outubro de 2008. 



7. De acordo com a "DC Comics", Batman tem 1,89 metro de altura e pesa 99,7 quilos. Adam West e Christian Bale, o Batman do seriado dos anos 60 e o do filme "Batman Begins", pesavam esse exato peso quando viveram o personagem.



8. Nas primeiras histórias publicadas no Brasil, em 1940, Batman era conhecido como Morcego Negro, e sua identidade secreta era Bruno Miller, e não Bruce Wayne. O nome da cidade Gotham City também foi alterado na versão brasileira — virou  "Riacho Doce".



9. Antes de ser intitulado de "Batman Begins", o filme dirigido por Christopher Nolan teve outros títulos. "Batman 5", "Batman: The Frightening" e "Batman: Intimidation Game" são algumas das opções que foram rejeitadas.



10. Depois de combater o crime por quase 70 anos em Gotham City, Bruce Wayne aparentemente morreu em um acidente de helicóptero. A morte de Batman foi contada na edição "Batman RIP" (A sigla RIP, em inglês, significa "Rest in Peace" - "Descanse em Paz"), escrita por Grant Morrison e lançada pela DC Comics no dia 26 de novembro de 2008. O responsável pela morte de Batman é o vilão Simon Hurt (supostamente o pai de Bruce Wayne), que atira no herói e tenta fugir de helicóptero. Para impedir a fuga do vilão, Batman se atira contra o helicóptero, causando o acidente. Não há na revista, no entanto, uma cena que mostre o cadáver do homem-morcego. 

Créditos: Quia dos Curiosos


 Compre hqs on line e receba onde quiser, acesse: www.oargonauta.com.br

O Argonauta

Developer

Blog da Loja O Argonauta Comic Shop, com resenhas e informações sobre quadrinhos, filmes, séries e a cultura pop em geral..

0 comentários:

Postar um comentário