Mulher Maravilha: Sangue

by 09:44 0 comentários

Mulher Maravilha: Sangue


As personagens femininas estão chamando cada vez mais atenção do público, o que evidencia a força que a mulher tem.
A amazona mais querida do universo Nerd ganha destaque em “Mulher-Maravilha: Sangue”. Escrito por Brian Azzarello, com desenhos de Cliff Chiang, esse encadernado compila as seis primeiras edições de Mulher-Maravilha (Os Novos 52) e foi publicado pela Panini em maio desse ano, 2016.


 compre mulher maravilha sangue

A trama se desenvolve em volta de Zola, uma jovem garota, que sem saber, corre perigo. Logo se descobre que ela está grávida de Zeus, o deus do trovão e, por mais irônico que seja, ninguém sabe a respeito do seu paradeiro, ele sumiu. E o que acontece quando um deus desaparece? Os outros tentam tomar o seu lugar.
Hera, a esposa de Zeus, deusa protetora do casamento, sabe a respeito da criança que está por vir, e seu conhecimento é o que coloca a jovem garota sobre o fio da navalha. A Princesa Amazona acaba recebendo a visita inesperada de Zola, assim se envolvendo na história… Se envolvendo até demais, pois ao visitar a Ilha Paraíso, seu lugar de origem, segredos de sua mãe, a Rainha Hipólita, serão revelados. Confrontos serão travados. E o sangue terá um novo significado.
O sumiço de Zeus não é muito abordado nessa história, só temos um gostinho da confusão que virá com as próximas edições. O aspecto físico dos deuses apresentados na trama, é demais, um dos pontos altos desse quadrinho. Cada deus com características bem distintas e… Exóticas. Na minha opinião, a mitologia foi muito bem representada pela arte de Cliff Chiang, que apesar de às vezes parecer um pouco preguiçosa, é boa e competente.
Inicialmente o leitor se sente perdido, mas no decorrer da  leitura a história volta a ter sentido e fica cada vez mais apegado e surpreso com a trama. A releitura que Azzarello fez, em volta da nossa Princesa Amazona, foi muito bem executada, é algo de se tirar o chapéu, mas que pode deixar os fãs mais xiitas um pouco desconfortáveis.
Existe muita coisa por trás da história, no momento certo tudo é revelado, e quando as peças se encaixam… O clima muda, como um dia ensolarado que se vai por causa de uma tempestade. O drama emocional no qual a Mulher-Maravilha acaba caindo de cabeça, não é muito aproveitado no desenvolver da trama, mas ainda assim consegue fazer com que a gente sinta parte, ou tudo, do que Diana sentiu. Sem falar da deusa furiosa se sentindo traída. Fica bem claro que Hera está disposta a tudo, e que em suas ações deixará qualquer um embasbacado e temeroso.


 compre-mulher-maravilha-sangue-em-oargonauta.com.br




O Argonauta

Developer

Blog da Loja O Argonauta Comic Shop, com resenhas e informações sobre quadrinhos, filmes, séries e a cultura pop em geral..

0 comentários:

Postar um comentário